30 de maio de 2012


Ele está no palco
Chega cedo porque gosta dos princípios
Os futuros aplausos
As mãos geradoras da vida
De um morto
Por ele mesmo

Nenhum comentário: