21 de fevereiro de 2012

Agora que tens minhas noites
Quebradiço é o dia.
Verás a santa face das águas profundas da arte da vida,
Através do espelho que nos uniu.
Nem cortes ou sangue ao que tocamos
Só venturas.
Sob nossos pés crescem raízes
Que vão em direção ao céu.
Germina o dia
Frutifica a noite - essas 
que me tens.

Nenhum comentário: