22 de setembro de 2011


Porque você está em paz
Quando dentro de mim
Tudo é guerra
Anuncio o fim do nosso tempo.
E quando você se for de mim
Em busca de ti
E quando por caminhos contrários
Eu também
Me for de ti
Rumo a mim
Seremos a real experiência e unidade do amor

Nenhum comentário: