6 de agosto de 2011

Breve

És palavra doce que não enjoa, 
porque entoa um canto que me encanta a poesia.

Um comentário:

William Garibaldi disse...

Tens uma levada...
uma balada no ser e no canto...

uma beleza!

Benção!