9 de abril de 2011

Em noites

Há o desejo que encontro no descaminho. 
Desejo que me habita. Me obriga. Tenta. Consegue. 
Envolve a alma e sorri.

4 comentários:

Ricardo Steil disse...

Fala sério San, ultimamente tás com a mania feia de ficar humilhando Leminski.

Fernando disse...

Ah, as noites...
Bom demais!!!

Fernando Cid disse...

"... lá vem a San..."

Fernando Cid disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.