27 de abril de 2011

Brumas

Houvesse um lugar além desse labirinto de delírios que percorro, estaria ausente quando. E sendo, então, me saberia inteira. Tão mística quanto Deus, que me aproximo hoje. Sem dor.