28 de agosto de 2010

da libertação...

na alvorada de hoje um passarinho me contou ao pé do ouvido que uma bela moça que outrora vivia aprisionada (ela mesma era seu carcereiro)...
libertou-se e fugiu (!), escafedeu-se...
ninguém sabe, ninguém viu...
de certo, apenas a certeza de que já não é mais a mesma...
e que vaga, silenciosamente, levemente e felizmente em busca de si mesma....

Nenhum comentário: